DICAS

5 DICAS PARA FAZER SEU CACHORRO E SEU GATO SEREM MELHORES AMIGOS

Cachorro e gato melhores amigos

Conhece aquele mito de que cães e gatos são inimigos mortais e de que o cachorro necessariamente vai querer correr atrás do gato e fazer picadinho dele? Muitos desenhos animados mostram essa situação e, de fato, acabamos incorporando essa ideia. A questão é que, na realidade, as coisas não são bem assim.

Existem inúmeros casos e casas onde cães e gatos convivem em harmonia e são grandes amigos, brincando, aprontando travessuras pela casa e aprendendo juntos novas habilidades que não seriam exercidas se não fosse o seu amiguinho de outra espécie! Se você quer que o seu cachorro e o seu gato sejam melhores amigos, trouxemos algumas dicas para que isso aconteça de verdade. Acompanhe com a gente!

Filhotes

Essa é a maneira mais fácil de promover a amizade entre cães e gatos desde o início: levá-los ainda filhotes para a casa. Nesse momento, eles ainda estarão dóceis, carentes e brincalhões e dificilmente se estranharão. Como o território é novo para os dois, não haverá disputa ou ciúmes devido à chegada do novo bichinho. Além de amigos, eles serão o espetáculo da casa, pois não há coisa mais fofa que ver dois filhotes brincando, comendo e dormindo juntinhos!

Aproximação cuidadosa

Se você já tinha um bichinho e o segundo chegou depois, será preciso introduzi-lo em casa com muito cuidado e paciência. O morador original, seja um cachorro ou gato, com certeza sentirá o seu espaço invadido, podendo hostilizar o outro ou se deprimir em um primeiro momento. A dica é deixar ambos em cômodos diferentes e separados por uma porta por, pelo menos, dois dias. Eles passarão a maior parte do tempo nesse lugar, sentido o cheiro um do outro e se habituando à sua presença.

Passados esses dois dias, abra a porta e conduza o contato entre ambos. Feche o cômodo para o gato não fugir e coloque o cachorro em uma coleira, para controlar os seus impulsos. Nesse momento, tudo pode acontecer: eles podem se cheirar e ficar tranquilos; o cachorro pode latir e o gato se assustar; o gato pode mostrar os dentes, ficar com o pelo ouriçado e assustar o cão... Enfim, esse momento é imprevisível.

Mas não desista e continue com os dois no mesmo ambiente até os ânimos se acalmarem. É importante dar atenção para o bichinho original da casa, para que os ciúmes e o sentimento de invasão sejam amenizados.

Recompense

Se depois de um momento de tensão os ânimos se acalmarem, recompense os bichinhos com um biscoito ou com um patê gostoso. Eles associarão os momentos de paz com comidinhas gostosas, e buscarão ficar a maior parte do tempo tranquilos. Com o passar dos dias, o comportamento pacífico passará a ser regra e eles nem se lembrarão de que se estranharam no início.

Itens separados

Mantenha a caminha e o espaço para comer e beber água do seu bichinho original no mesmo lugar, para que ele não sinta que o novo membro da família está causando transtorno em seus hábitos. Coloque os itens do segundo bichinho em outro lugar, afastado do primeiro. Até porque eles deverão comer separadamente e fazer suas necessidades em lugares separados.

Proponha brincadeiras

Você deverá ser o incentivador das brincadeiras entre eles e também dos momentos de relaxamento. Enquanto você joga uma bolinha de papel para o gato  (eles adoram!), você joga uma bolinha de borracha para o cachorro. Ou que tal pegar um bastão com um barbante e um objeto na ponta? Eles irão pular para querer pegar o objeto e, quando perceberem, estarão fazendo isso juntos!

E então, o que você achou de nossas dicas? Para que o gato e o cachorro se tornem amigos é só uma questão de adequação e paciência. Eles não são inimigos naturais, apenas bichos territorialistas que precisam de tempo para se acostumar com a presença do outro.

Você tem mais dicas de como fazer seus bichinhos se tornarem melhores amigos? Compartilhe com a gente nos comentários!


Saiba mais: