DICAS

COMO VIAJAR COM O SEU PET? DICAS E MEIOS DE TRANSPORTE

Como viajar com seu pet

Ter um pet significa colocá-lo sempre em seus planos, inclusive nas viagens. Algumas pessoas preferem deixar o seu animalzinho em hotéis especializados ou até mesmo com um amigo ou vizinho. Mas grande parte dos apaixonados por animais gostam de levar eles sempre consigo, que convenhamos, é sempre uma ótima decisão.

Defina sempre com certa antecedência se vai levar ou não o seu pet, e se optar por levar, programa-se! Segue abaixo algumas dicas de como viajar em segurança com o seu fofucho.

1 – Defina o meio de transporte

Verifique qual será o meio de transporte da viagem, e certifique-se das regras que devem ser seguidas por cada meio. As vacinas estão todas em dia?! Se sim, ótimo! Se não, corra no veterinário, pois independente do meio de transporte é uma exigência das companhias, juntamente com uma avaliação do estado de saúde do animal. Fique alerta a todas as exigências a serem cumpridas, para evitar surpresas desagradáveis.

2 – Viajando de carro

É certamente o meio de transporte mais fácil e tranquilo para os animais. Portanto, preocupe-se com o estado de saúde do seu pet e um lugar bem confortável para ele. Serão horas, e quando mais conforto melhor. No Brasil, é proibido o transporte de pessoas e animais em reboques ou porta-malas, e também proíbe animais ou objetos de serem transportados no colo do motorista. Fiquem atentos. Atualmente existem vários acessórios que ajudam na segurança e transporte do seu pet durante viagens, pesquise no pet shop mais próximo, ou pergunte ao seu veterinário. 

Cachorro viajando


3 – Viajando de ônibus

Primeiro de tudo, ligue para a companhia de ônibus e verifique as regras e se é possível o transporte de animais, porque algumas não autorizam o mesmo. As que permitem, possuem regras distintas, não se esqueça de se informar sempre, mas em maioria se é cobrado uma passagem extra para o animal ir ao lado do dono em seu próprio banco, dentro da caixa de transporte.

Tudo deve ser feito com muita antecedência, principalmente pelo fato das empresas de ônibus limitarem o número de animais transportados por viagem. A vacinação e atestado de saúde devem estar em dia e sempre em mãos, além é claro, de uma caixa de transporte própria e adequada para o tamanho e raça do seu pet.

4 – Viajando de avião

As companhias aéreas permitem o transporte dos nossos fofuchos, mas como ele vai acontecer, vai depender de cada empresa. Portanto, programa-se! Ligue para a Cia aérea e vejam quais são as regras e exigências para o transporte. Em maioria, as companhias permitem o transporte de animais em seu próprio compartimento de viagem, e normalmente possuem um número limitado de animais a serem transportados. Algumas, dependendo do porte do animal, aceitam que o mesmo vá ao lado do dono, pagando uma passagem extra, mas sempre dentro da caixa de transporte e em segurança.

Veja -> Agora você já pode levar seu pet na cabine

Existem algumas taxas a serem pagas dentro das exigências, se informe. É indispensável à apresentação da avaliação de saúde do veterinário e o cartão de vacinação em dia. 

Gatinho viajando dentro da caixa


5 – Viajando de navio

Sem dúvidas a maneira mais difícil de transportar seu bichinho, porque pouquíssimas empresas de cruzeiros ou viagens marítimas permitem animais a bordo. As poucas que aceitam, reservam um canil para todos os animais ficarem juntos durante toda a viagem, e não se pode circular dentro do navio com o seu animalzinho. Mas, existem algumas empresas que permitem que seu querido vá com você na cabine, mas são apenas viagens curtas, como em balsas, ferries etc. Estude a política e as regras da empresa antes de tomar a sua decisão.

Agora é só escolher o destino e meio de transporte, e aproveitar muito as suas férias!

Gostou? É só compartilhar em suas redes sociais!

Fonte: http://goo.gl/eFbfNd


Aprenda mais um pouquinho: